Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Extensão
Início do conteúdo da página

Extensão

Publicado: Quarta, 25 de Junho de 2014, 17h07 | Última atualização em Terça, 17 de Novembro de 2015, 09h10 | Acessos: 5381

As Atividades de Extensão implicam na necessidade de uma articulação permanente entre comunidade acadêmica e a sociedade. A Extensão é um processo educativo, cultural, que se articula ao ensino e à pesquisa de forma indissociável, e que viabiliza a relação transformadora entre a instituição de ensino e a comunidade urbana e rural.

A Extensão do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins, Campus Araguatins visa atender as demandas voltadas para a comunidade extra-campus, que garantam a integração das atividades de extensão às ações de pesquisa e ensino. Atualmente, a coordenação de extensão do campus, conta com o programa de bolsas de extensão aprovada pela Resolução do Conselho Superior nº 16, de 05 de março de 2012.

Este programa de bolsas atende diferentes modalidades destinadas aos alunos, professores e técnico-administrativos do IFTO, que executem projetos desenvolvidos em interação com os diversos setores da sociedade civil que visem ao intercâmbio e ao aprimoramento do conhecimento extensionista. A partir de 2012 foram cadastrados na coordenação de extensão um total de 20 projetos envolvendo atividades extra-campus, principalmente em comunidades rurais. Outro programa vinculado a coordenação de extensão se refere Programa de Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) que busca promover a inserção dos estudantes no contexto das escolas públicas desde o início da sua formação acadêmica para que desenvolvam atividades didático-pedagógicas sob orientação de um docente da licenciatura.

Os cursos de Licenciatura em Ciências Biológicas e Licenciatura em Ciências da Computação do IFTO desenvolvem dois projetos onde participam destes um total de sessenta alunos bolsistas além dos professores coordenadores de área. Este tem como objetivo incentivar a formação de docentes em nível superior para a educação básica; contribuir para a valorização do magistério; elevar a qualidade da formação inicial de professores nos cursos de licenciatura, promovendo a integração entre educação superior e educação básica; inserir os licenciandos no cotidiano de escolas da rede pública de educação, proporcionando-lhes oportunidades de criação e participação em experiências metodológicas, tecnológicas e práticas docentes de caráter inovador e interdisciplinar que busquem a superação de problemas identificados no processo de ensino-aprendizagem; incentivar escolas públicas de educação básica, mobilizando seus professores como conformadores dos futuros docentes e tornando-as protagonistas nos processos de formação inicial para o magistério; e contribuir para a articulação entre teoria e prática necessárias à formação dos docentes, elevando a qualidade das ações acadêmicas nos cursos de licenciatura.

Por. Fábia S. O. Lima

registrado em:
Fim do conteúdo da página